8 – Pedro Rocha

Encontrei Pedro no Parque Lage. Assistimos juntos a uma apresentação de música experimental. Eu estava com meu filho que achou que era muito barulho. Então saímos e caminhamos em torno do chafariz. Pedro me conta que…

… ele vinha de caro por uma rua estreita de mão dupla ao lado da praia. era uma praia muito longa como uma restinga. era rio de janeiro, só que um lugar desconhecido que ele nunca tinha ido. talvez a restinga da marambaia. ele procura pela filha na areia sem encontrar. a praia está cheia de gente ele segue até chegar a uma zona de pedras no canto da praia. um lugar que lembra a ilha grande. só que não encontra a filha. algo diz que ele tem de voltar. já está cansado. o sol é forte. já é incomodo caminhar na areia. volta para o carro na mesma rua. e segue até encontrar com uma enorme geleira que interrompe a estrada. a geleira era enorme, sua altura ia além do que se podia ver. era o fim…

Pedro diz que este sonho é impactante pelo tamanho da geleira e pela certeza de que aquilo era o fim. Diz que não sabe porque sonha tanto com praia, com mar, pois nem vai muito a praia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *